Mamoplastia de Aumento

Umas das cirurgias plásticas mais realizadas em todo mundo é mamoplastia de aumento. Ela é indicada para mulheres que estão insatisfeitas com o tamanho dos seios.

Esse procedimento serve para dar volumes as mamas, que são naturalmente menores, ou que foram reduzidas por alguma razão como gravidez, perda de peso e retirada dos seios devido ao câncer. Além disso, mulheres que tem os seios com tamanhos diferentes um do outro, podem também se sujeitar ao procedimento.

O aumento dos seios pode melhorar o equilíbrio corporal, aumentar a projeção das mamas e valorizar a autoconfiança e autoestima.

É importante saber que essa cirurgia não corrige as mamas que estão caídas severamente. O procedimento mais adequado para esse caso específico é o lifting dos seios, que pode ser realizada em conjunto com o aumento das mamas.

Indicação da mamoplastia de aumento

A mamoplastia de aumento pode ser realizada em mulheres, a partir dos 15 anos, desde que tenham autorização dos pais.

É um procedimento individualizado que a mulher deve fazer para se sentir bem com ela mesma.

A paciente deve estar fisicamente saudável e os seios completamente desenvolvidos.

Essa cirurgia é indicada para mulheres que tiveram perda de volume e forma dos seios, em razão do envelhecimento, perda de peso e gravidez, ou simplesmente porque tem os seios muito pequenos e deseja reverter a situação.

Instruções pré-operatórias da mamoplastia de aumento

Antes da cirurgia, é necessário que paciente se submeta à uma avaliação médica completa. O cirurgião vai montar um prontuário completo com estado geral de saúde da paciente, contendo fotos, condições pré-existentes, exames, histórico familiar e avaliações psicológicas.

O médico deve fazer um exame detalhado nas mamas, tirar medidas de forma e tamanho, verificar posição de aréolas e mamilos, além da qualidade da pele. É importante também realizar testes de função endócrina.

A paciente deve ser muito sincera com o médico, informando hábitos de vida, cirurgias prévias, problemas de saúde, uso de medicamentos, drogas, álcool, esteroides, cigarro.

Cabe ao médico informar o tipo de anestesia a ser usada no dia da cirurgia, a melhor opção para paciente, levando em consideração toda avalição médica e discutir os resultados prováveis para ajustar a expectativa da sua paciente.

Antes da mamoplastia de aumento, é recomendado:

  • Parar de fumar e beber, pelos menos 2 semanas antes.
  • Evitar tomar remédios que aumentam o fluxo sanguíneo, como anti-inflamatórios e aspirina, 15 dias antes.
  • Fazer uma alimentação rica em fibras.
  • Tomar antibiótico profilático, no dia anterior. A mais conhecida é amoxicilina.
  • Evitar alimentação pesada no dia anterior da cirurgia.
  • Fazer jejum absoluto de 8 horas
  • Solicitar um acompanhante para estar presente desde a internação para o procedimento cirúrgico.
  • Comunicar ao médico na véspera da cirurgia, se houve algum tipo de problema como menstruação, gripe, indisposição, etc.
  • Se planejar pessoal e profissional para permanecer de repouso o tempo que o médico solicitar.

A escolha da prótese para mamoplastia de aumento

Paciente e médico devem escolher a prótese de silicone em conjunto. É importante levar em consideração os seguintes fatores:

Tamanho da prótese: Vai depender da estrutura física e altura da paciente. As mais comuns são próteses de 200, 250 e 300ml. Essa última é recomendada para mulheres com quadril largo e altas.

Forma da prótese: As próteses podem ter forma redonda (mais artificial) e gota (mais natural). A forma redonda dá mais segurança, pois tem menos probabilidade de ficar torta ou rodar no interior da mama.

Local para colocar: A prótese pode ser inserida por baixo ou por cima do músculo peitoral. A recomendação é que seja colocada por baixo para dar uma aparência mais natural, quando se há gordura e pele suficiente. Em seios muito magros, é recomendado inserir por cima do músculo.

Perfil da prótese: São 3 perfis: baixo, médio e alto. Esse último vai proporcionar um seio mais empinado e mais artificial.

A cirurgia

A mamoplastia de aumento tem duração média de 45 minutos de cirurgia. É necessária uma internação de 2 dias. A anestesia pode ser geral e sedação intravenosa. Cabe ao cirurgião a melhor opção.

O procedimento é realizado com um pequeno corte nas duas mamas, em 3 regiões diferentes: em torno de aréola, parte inferior da mama ou região das axilas para introduzir a prótese.

Após a incisão e o implante da prótese, o cirurgião fará o fechamento e inserir 2 drenos para que os líquidos acumulados saiam para que sejam evitados hematomas, complicações e seromas.

A cirurgia é fechada por adesivo, cola ou sutura.

Possíveis complicações da mamoplastia de aumento

É fundamental que a paciente siga todas recomendações pré e pós-operatórias para que a cirurgia tenha resultados satisfatórios.

As principais complicações que podem surgir após o procedimento são:

  • Dor no peito
  • Enrijecimento na mama
  • Redução de sensibilidade nos seios
  • Sensação de peso
  • Inchaço, hematoma e vermelhidão
  • Ruptura ou rejeição da prótese
  • Má cicatrização
  • Enrugamento da pele
  • Contratura capsular

Recuperação pós-operatória da mamoplastia de aumento

É recomendada a internação de 24 a 48 horas, pós-cirurgia. No retorno para casa, alguns cuidados são necessários:

  • Voltar ao médico após 2 dias para retirada do dreno.
  • Retirar curativos e pontos, de 3 a 7 dias.
  • Dormir de barriga para cima durante os primeiros 30 dias.
  • Tomar banho completo após 7 dias.
  • Usar sutiã elástico ou bandagem por 3 semanas.
  • Não levantar os braços, dirigir ou atividades rotineiras por 20 dias.
  • Exercícios físicos após um mês a 45 dias.
  • Não se expor ao sol, até autorização médica
  • Se alimentar à base de proteínas e frutas.

Fisioterapia Dermato-funcional

Para acelerar a recuperação da paciente e prevenir complicações, é recomendado o tratamento conhecido por fisioterapia dermato-funcional.

São analisados hábitos de vida, alimentares, medidas, histórico de saúde para que o profissional ajuste a melhor técnica para cada paciente. Fazem parte do tratamento: massagem, drenagem linfática, eletroestimulação, crioterapia, etc.

Esse tratamento vai ajudar a prevenir aderências, minimizar cicatrizes, reduzir fibroses e melhorar a circulação sanguínea, reduzindo o tempo de recuperação.

Resultado final da mamoplastia de aumento

O resultado da mamoplastia de aumento vai aparecer de forma definitiva após 3 meses da operação.

Grande parte das próteses mamárias não precisam ser substituídas, mas recomenda-se a cada 4 anos, realizar exames com ressonância magnética para verificar se houve alguma alteração nas próteses.

Alguns modelos deverão ser substituídos entre 10 a 20 anos. Vai depender do modelo escolhido no momento da cirurgia.