Cirurgia de Facelifting: Principais dúvidas

Rosto feminino com marcas de rejuvenescimento

A cirurgia de facelifting, também chamada de lifting facial ou ritidoplastia é um dos procedimentos estéticos mais buscados no Brasil devido aos bons resultados no combate aos sinais mais avançados de envelhecimento da face.

Ainda que seja um procedimento cada vez mais realizado, a cirurgia de facelifting gera algumas dúvidas nos pacientes interessados, sendo fundamental esclarecer todos os questionamentos com um cirurgião plástico de confiança antes de optar por esse tratamento.

A seguir entenda quais as indicações do lifting facial, como o procedimento é realizado e quais resultados podem ser alcançados.

Quando a cirurgia de facelifting é indicada?

A cirurgia de facelifting é recomendada quando tratamentos estéticos não invasivos, como a aplicação de toxina botulínica, já não entregam os resultados esperados no rejuvenescimento facial ou retardamento dos sinais de envelhecimento da pele.

Em geral, o lifting facial é realizado em pacientes acima de 50 anos. No entanto, pode ser feito antes se indicado pelo cirurgião plástico, caso ele constate sinais precoces de envelhecimento ou falta de resultados satisfatórios com as condutas não invasivas.

A cirurgia de facelifting pode focar em uma região específica da face, de acordo com as necessidades do paciente, ou ser mais completa e promover um rejuvenescimento geral do rosto, incluindo desde a testa até o pescoço. Entre as indicações do procedimento destacam-se:

  • Excesso de flacidez na face, especialmente no terço médio;
  • Vincos profundos na região dos olhos, intensificando as olheiras;
  • Sulco nasogeniano profundo, conhecido popularmente como bigode chinês;
  • Excesso ou deslocamento inadequado da gordura facial;
  • Perda do tônus muscular com prejuízos ao contorno da face e formação de papada.

Portanto, são diversas as demandas que podem ser atendidas por meio da cirurgia de facelifting, no entanto, apenas o cirurgião plástico poderá verificar se esse procedimento é o mais adequado ao caso.

Quais são os cuidados do pré-operatório do lifting facial?

É fundamental que o paciente que almeja realizar um lifting facial seja avaliado por um cirurgião plástico de confiança. Destaca-se que o objetivo do procedimento é promover o rejuvenescimento facial respeitando a harmonia e estrutura facial e considerando características individuais do paciente.

Os exames médicos para verificar a condição de saúde do paciente são ainda mais importantes devido à idade mais avançada na qual o procedimento é mais frequentemente realizado.

Ao constatar que o paciente está com saúde e definir quais alterações serão realizadas na intervenção, o médico poderá dar recomendações específicas como referente aos hábitos do paciente, uso de medicamentos contínuos, entre outros.

Como o procedimento é realizado?

A cirurgia de facelifting tem início com a aplicação da anestesia, que pode ser intravenosa ou geral, de acordo com as características do procedimento.

A incisão cirúrgica normalmente segue a linha do couro cabeludo e, dependendo das extensões desejadas, pode contornar a orelha e ir até a parte de trás do couro cabeludo.

Com as estruturas expostas, o cirurgião plástico poderá esculpir e redistribuir a gordura e reposicionar tecidos subjacentes, principalmente com a elevação dos músculos para camadas mais superficiais para melhorar o tônus.

Em alguns casos pode ser realizada uma incisão adicional no queixo para melhorar o aspecto envelhecido do pescoço. Posteriormente, as incisões cirúrgicas são suturadas e fechadas com adesivos de pele.

Em geral, a cicatriz da cirurgia de facelifting é discreta, ficando escondida em dobras e contornos naturais do corpo.

Como é a recuperação e os resultados?

A recuperação da ritidoplastia demanda cuidados normais como de outras cirurgias plásticas, como:

  • Reduzir as atividades cotidianas na primeira semana;
  • Não se expor ao sol;
  • Fazer a higienização correta da face e locais que foram suturados;
  • Tomar apenas a medicação prescrita pelo especialista;
  • Manter uma dieta balanceada na recuperação;
  • Evitar o uso de cigarro por até 3 meses depois da cirurgia;
  • Evitar atividades físicas por até 3 meses, principalmente em caso de risco de impacto.

Com os cuidados apropriados, os resultados do procedimento podem ser vistos já nas primeiras semanas e incluem um rosto mais jovial com menos rugas, flacidez, vincos e sulcos. Destaca-se, no entanto, que a técnica não impede que a face continue a envelhecer.

A opção pela cirurgia de facelifting deve ser conversada com um cirurgião plástico de confiança alinhando objetivos e garantindo a realização de um procedimento mais seguro e satisfatório.

Fontes:

Clínica de Cirurgia Plástica Dr. Leandro Pellarin;

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Antes e depois da rinoplastia: tire suas dúvidas sobre a cirurgia

Cuidados antes e depois da Rinoplastia

A atenção à rinoplastia antes e depois é fundamental para obter melhores resultados com esse procedimento estético muito …

Rinoplastia Masculina - Saiba mais sobre essa cirurgia plástica procurada por homens

Saiba mais sobre a Rinoplastia Masculina

A cirurgia plástica do nariz é o segundo procedimento estético mais realizado pelos homens no Brasil, demonstrando o quanto …

Rosto feminino com marcas de rejuvenescimento

Cirurgia de Facelifting: Principais dúvidas

A cirurgia de facelifting, também chamada de lifting facial ou ritidoplastia é um dos procedimentos estéticos mais buscados …