Tudo sobre mastopexia

Mastopexia: Mulher feliz com seu corpo

A mastopexia é uma cirurgia plástica nos seios que promove o levantamento das mamas, deixando-as mais simétricas e definidas. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o procedimento foi o quarto mais realizado no Brasil em 2018 abrangendo 11,3% do total.

O caimento das mamas é um processo natural do corpo da mulher. O envelhecimento, as oscilações de peso e a hereditariedade são alguns dos fatores que geram esse fenômeno e fazem com que as pacientes procurem uma mastopexia.

Confira a seguir tudo sobre o lifting de seios, como o procedimento também é conhecido, com informações cedidas pelo cirurgião plástico Dr. Leandro Pellarin.

Quando a mastopexia é indicada?

A mastopexia é recomendada nos seguintes casos:

  • Seios assimétricos;
  • Flacidez nas mamas;
  • Mamas caídas em decorrência da variação do peso ou amamentação.

Geralmente, a paciente que procura o lifting de mamas está entre os 40 e 50 anos, fase na qual o caimento das mamas é mais evidenciado. É fundamental obter a avaliação do cirurgião plástico para esclarecer se o procedimento para elevação das mamas é o mais adequado. Essa indicação vale tanto para as mulheres nessa faixa etária quanto para aquelas entre os 20 e 30 anos.

Como é o pré-operatório do lifting de mamas

Após fazer a primeira consulta com o cirurgião plástico, na qual será alinhada a expectativa da paciente com o resultado que a cirurgia pode oferecer, a paciente deverá realizar os exames pré-operatórios. Alguns deles são o hemograma, mamografia, avaliação cardiológica e a ultrassonografia.

No dia da mastopexia, a paciente deverá fazer alguns preparativos. São eles:

  • Estar em jejum absoluto por 8 horas;
  • Não fumar nas 4 semanas que antecedem a cirurgia;
  • Evitar a ingestão de bebidas alcoólica 24 horas antes do lifting de mamas;
  • Suspender o uso de anti-inflamatórios por até 2 semanas antes da cirurgia;
  • Não usar brincos, anéis, pulseiras entre outros objetos de valor na hora da cirurgia;
  • Informar o médico caso haja alteração no estado de saúde como o surgimento de um resfriado, por exemplo.
Mastopexia com prótese
Imagem: Shutterstock

Como é feita a cirurgia para levantar a mama?

A técnica utilizada para fazer o lifting de mamas dependerá de vários fatores, como o grau de flacidez das mamas e o tamanho e posição das aréolas, por exemplo. No geral, o cirurgião plástico pode optar pelas seguintes técnicas:

  • Clássica: realizada exclusivamente para corrigir a flacidez das mamas;
  • Com próteses ou silicone: realizada quando a paciente possui mamas pequenas e deseja obter uma silhueta mais definida.

A mastopexia com prótese tem sido cada vez mais procurada nos consultórios devido à sua praticidade — a paciente faz o levantamento das mamas e o aumento do volume no mesmo procedimento. Caso seja necessário colocar uma quantidade grande de silicone, o procedimento de aumento da mama será realizado aproximadamente 3 meses antes do lifting mamário.

A paciente fica sob anestesia durante todo o procedimento, sendo que os cirurgiões costumam optar pela anestesia geral. As incisões da elevação das mamas são feitas em um dos seguintes lugares:

  • Ao redor da aréola;
  • No sentido vertical para baixo da aréola, seguindo em direção ao sulco da mama;
  • Em dois sentidos: o primeiro abaixo da aréola em direção ao sulco da mama e o segundo no sentido horizontal ao longo do sulco da mama.

Após fazer a incisão, o cirurgião plástico remove a pele excedente e o tecido adiposo que provocaram a flacidez nas mamas da paciente, reposicionando a aréola e a pele da região mamária. A mastopexia dura entre 2 e 3 horas para ser concluída, sendo que no final o cirurgião fecha as incisões deixando-as pouco perceptíveis nos contornos naturais das mamas.

Quanto tempo para se recuperar de uma mastopexia?

A paciente fica internada por até 24 horas para observação, no entanto, em alguns casos é possível que a liberação ocorra no mesmo dia da operação. É importante que a paciente tenha um acompanhante para ajudá-la nos cuidados iniciais, principalmente na primeira noite após o lifting de mamas.

A recuperação do levantamento de mamas é considerada rápida e tranquila. Apesar disso, a mulher pode sentir algum desconforto nos primeiros dias e precisa tomar alguns cuidados para auxiliar no pós-operatório. São eles:

  • Evitar exposição solar durante 3 meses;
  • Massagear as mamas ao menos 4 vezes por dia;
  • Evitar relações sexuais por 2 semanas, no mínimo;
  • Retomar as atividades físicas pesadas após 60 dias;
  • Voltar a dirigir somente depois de 40 dias da cirurgia;
  • Higienizar a área operada com água e sabonete neutro;
  • Ficar de repouso absoluto por aproximadamente 10 dias;
  • Realizar exercícios leves como a caminhada após 21 dias;
  • Evitar movimentos bruscos como carregar peso, por exemplo;
  • Usar somente os medicamentos recomendados pelo cirurgião;
  • Usar roupas mais largas para evitar a fricção no local operado;
  • Não levantar os braços acima da linha dos ombros por 2 semanas;
  • Evitar esforços no dia da cirurgia como subir escadas, por exemplo;
  • Evitar o consumo de refrigerantes, frituras, doces e bebidas alcoólicas;
  • Manter uma alimentação equilibrada com carnes brancas, frutas e legumes;
  • Não fumar por pelo menos 30 dias, evitando o retorno do hábito após esse período;
  • Não se deitar de lado com a mama operada ou com a barriga para baixo durante 30 dias;
  • Permanecer sentada ou deitada com a cabeceira da cama elevada a 30º nas primeiras 24 horas;
  • Utilizar o sutiã modelador durante o dia inteiro por 30 dias e, depois, somente à noite durante 30 dias.

A paciente pode voltar ao trabalho cerca de 10 dias após a elevação das mamas. O resultado pode ser notado com mais nitidez após 30 dias, quando a maior parte do inchaço pós-operatório já sumiu.

Muitas mulheres se privam de ir à praia ou de usar uma roupa diferente por conta do caimento das mamas. Contudo, com a mastopexia é possível obter mamas mais bonitas e simétricas, impactando diretamente na autoestima da paciente. Caso queira saber mais sobre o assunto, entre em contato e agende uma consulta.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP);

International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISASP);

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional São Paulo (SBCP-SP).

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rosto de mulher depois de mini lifting e fundo cinza

Mini lifting: conheça essa técnica de rejuvenescimento

Mini lifting entrega resultados satisfatórios no rejuvenescimento facial e consiste em um procedimento menos invasivo do …

Lifting facial

Benefícios do Lifting Facial

Os benefícios da cirurgia incluem melhora da estética facial, aumento da satisfação e autoestima. Saiba como o procedimento …

Antes e depois da rinoplastia: tire suas dúvidas sobre a cirurgia

Cuidados antes e depois da Rinoplastia

A atenção à rinoplastia antes e depois é fundamental para obter melhores resultados com esse procedimento estético muito …