Cirurgias Plásticas

De acordo com a SBCP – Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o número de cirurgias plásticas no Brasil cresce exponencialmente a cada ano. Tantos as intervenções estéticas quanto as cirurgias reconstrutoras tiveram aumento considerável.

A cirurgia plástica é muito mais que uma questão de estética. Por meio desse procedimento, é possível realizar reconstruções provenientes de doenças e melhorar a autoestima, fazendo correções na aparência física.

Preparação para cirurgia plástica

É fundamental que a pessoa esteja apta à fazer qualquer tipo de procedimento cirúrgico, tanto do ponto de vista físico, quanto emocional.

A pessoa precisa passar por uma investigação médica completa, incluindo:

  • Histórico pessoal detalhado, incluindo hábitos, doenças pré-existentes, consumo de medicamentos, etc;
  • Avaliação clínica e cardíaca;
  • Discussão sobre expectativa e resultado esperado;
  • Avaliação pré-anestésica;
  • Exames radiológicos;
  • Análise psicológica.

O paciente precisa seguir todas as recomendações pré e pós-operatórias, para que que o procedimento tenha o resultado desejado. Além disso, ele deve entender que vai precisar dedicar tempo e se planejar para realizar qualquer tipo de cirurgia plástica.

Tipos de cirurgias plásticas

Com o avanço da tecnologia, as cirurgias plásticas estão cada vez mais aperfeiçoadas. Existem procedimentos para a face e para todas as partes do corpo, como: rinoplastia (cirurgia no nariz) ou até prótese de panturrilha.

As cirurgias plásticas mais procuradas por pacientes no Brasil, são:

Abdominoplastia

Quando há uma grande perda de peso, problema genético ou após várias gestações, há um aumento de gorduras e marcas na região abaixo do umbigo. Essa cirurgia elimina o excesso de pele e de gordura, melhora a aparência de dilatação da região, reunindo os músculos reto-abdominais.

A cirurgia demora, em média, de 2 a 3 horas, com anestesia peridural e sedação.

A recuperação total, pode demorar de 2 a 4 meses e a cicatriz é mínima na altura inferior do abdômen.

Blefaroplastia

A blefaroplastia é a cirurgia de pálpebras. É um procedimento procurado tanto por mulheres quanto por homens. Ela corrige alterações nessa região, eliminando bolsas de rugas e gorduras, reduzindo a flacidez e melhorando o aspecto de cansaço e tristeza.

A cirurgia pode ser feita tanto nas pálpebras inferiores quanto nas superiores. O excesso de sol, idade e problemas genéticos podem acelerar o processo de excesso de pele na área.

Lipoaspiração

É umas das cirurgias plásticas mais realizadas em todo mundo. Esse procedimento remove os depósitos de gordura localizada na região da barriga, flancos, braços, culotes, dorso e glúteos.

A lipoaspiração é indicada para pessoas que perdem peso e ficam com algumas gorduras localizadas. A cirurgia pode ser feita após a adolescência. As cicatrizes são mínimas com menos de 1cm.

Lifting facial ou ritidoplastia

O lifting facial ou ritidoplastia é o procedimento cirúrgico utilizado melhorar a aparência facial, em virtude do envelhecimento e flacidez da pele. Por meio da cirurgia é possível retirar o excesso de pele, modificar traços, minimizar rugas, vincos e marcas de expressões.

O lifting facial é indicado para pessoas acima de 40 anos, que sofrem com a perda de elasticidade da pele por conta da flutuação de peso, exposição excessiva ao sol, envelhecimento e hereditariedade.

Mamoplastia de redução

Essa cirurgia tem por objetivo reduzir o tamanho dos seios. É indicado para mulheres com seios muito volumosos, que causam dores na coluna e pescoço, desconforto e comprometem a estética.

O procedimento pode ser feito a partir dos 15 anos e tem duração de até 2 horas. A cicatriz é pequena e discreta, com anestesia peridural ou local com sedação.

Após a cirurgia, é importante se manter em repouso por 20 dias, evitando exercícios intensos, dirigir e movimentos com os braços.

Mamoplastia de aumento

A mamoplastia de aumento é uma das cirurgias mais populares em todo mundo. Essa cirurgia também é conhecida como o implante de próteses de silicone.

É indicada para mulheres que desejam aumentar e melhorar o tamanho dos seios, como também para pacientes que foram submetidas a mastectomia parcial ou total.

É fundamental analisar a estrutura corporal da paciente, largura e altura do tórax, qualidade da pele, volume dos seios naturais e hábitos de vida.

O procedimento pode ser feito a partir do final da adolescência e dura em torno de uma hora. O silicone pode ser inserido pelas auréolas, axilas e por baixo das mamas. A cicatriz é discreta e pequena.

Mini abdominoplastia

Esse procedimento autorizado pelo CFM – Conselho Federal de Medicina, é uma versão menor da abdominoplastia. Seu procedimento é similar à tradicional com algumas alterações. A mini abdominoplastia não amarra os músculos reto abdominais. Seu objetivo é apenas retirar o excesso de pele na região do abdômen.

É indicada para mulheres que já foram mães e não querem mais ter filhos. A cirurgia tem duração de 2 horas, com anestesia peridural ou raquidiana. A cicatriz é pequena na altura da região do abdômen, ficando escondida sob o biquíni ou roupa íntima.

Rinoplastia

A rinoplastia, ou cirurgia de nariz, é o procedimento líder no ranking mundial de cirurgias plásticas.

A técnica é utilizada para corrigir diversos problemas com o nariz: aparência, tamanho, formato, defeitos de nascença, problemas respiratórios. A Rinoplastia é possível alterar a estrutura da região: cartilagens, ossos e pele, deixando o nariz mais natural, harmônico e funcional.

A cirurgia pode ser realizada a partir dos 15 anos, com anestesia local e sedação. Ela tem duração, de 1 a 2 horas e não deixa cicatriz externa visível.

Após o procedimento, é importante evitar esforços, trabalho por 15 dias.

Riscos das cirurgias plásticas

Como todo procedimento cirúrgico, cada tipo de cirurgia plástica possui seus riscos. Portanto, é de suma importância seguir todas as recomendações médicas no pré e pós-operatório.

As principais recomendações são:

  • Jejum de 8 horas antes da cirurgia;
  • Repouso na quantidade de dias solicitados pelo médico, a depender da cirurgia;
  • Uso de medicamento prescrito pelo cirurgião;
  • Retorno ao médico nas datas recomendadas para avaliação;
  • Manutenção de hábitos saudáveis.

Conheça todos os procedimentos cirúrgicos da Clínica Pellarin.