Artigos

Homem com papada: Como eliminar?

Excesso de gordura na região do queixo é o principal responsável por esse problema estético

A cada ano, tem aumentado a presença de homens em clínicas de estética e de cirurgia plástica. E um dos grandes problemas que atacam a autoestima de pacientes do sexo masculino é quando se registra o fenômeno do queixo duplo – ou homem com papada. A situação é incômoda, mas a boa notícia é que ela possui solução.

Um homem com papada nada mais é do que um paciente que sofre com acúmulo de gordura na região abaixo do queixo, muitas vezes devido ao excesso de peso. Seu registro é mais comum depois dos 35 anos, quando a pele fica mais flácida, favorecendo seu aparecimento.

Tratamento estético para homem com papada

  • Cirurgia da papada

A cervicoplastia, também conhecida como cirurgia da papada, tem como objetivo aperfeiçoar o contorno do pescoço e rejuvenescer essa região, deixando-a em harmonia com a face. Essa intervenção cirúrgica apresenta muitas técnicas, às quais podem ser aplicadas de acordo com cada caso.

Quando o homem com papada apresenta esse problema apenas por excesso de gordura, muitas vezes uma simples lipoaspiração pode resolver a questão. No entanto, quando há um afastamento dos músculos do pescoço, pode se fazer necessário um corte camuflado abaixo do queixo para elucidar o problema.

Em situações em que há um excesso exagerado de pele, a remoção dessa cútis pode ser indicada através de um corte atrás das orelhas. É válido lembrar que a cervicoplastia pode ser feita isoladamente ou ainda em conjunto com outros procedimentos, como ritidoplastia (cirurgia de face) e a blefaroplastia (cirurgia das pálpebras).

Busque conversar com o cirurgião plástico de sua confiança para entender qual é a melhor técnica, cirurgia ou tratamento para o seu tipo de papada.

  • Tratamentos estéticos

O homem com papada, quando procura um médico em busca de tratamentos estéticos para se livrar desse problema, pode encontrar algumas soluções. Conheça algumas abaixo:

  • Radiofrequência: técnica que ajuda na diminuição da gordura localizada, tornando a pele mais firme;
  • Laser: os lasers Nd (YAG e laser diodo) são os mais recomendados para eliminação da gordura sob o queixo;
  • Ácido deoxicólico: feito a partir de uma molécula existente no organismo, tem a ação de destruir a gordura localizada na região;
  • Mesoterapia: aplicação de injeções de substâncias drenantes, lipolíticas e reafirmantes, que podem durar de 6 a 10 sessões semanais;
  • Criolipólise: tratamento estético que resfria a região tratada a baixas temperaturas, cristalizando a gordura localizada e eliminando-a pela circulação linfática;
  • Lipocavitação: técnica indicada para pacientes com uma papada maior, já que para realizá-la é preciso formar uma prega de gordura.

Estes são apenas alguns dos tratamentos existentes. Também podem ser indicadas sessões de drenagem linfática no rosto, como forma de eliminar as células de gordura e diminuir o inchaço da papada.

  • Cremes firmadores podem ser aliados

Um homem com papada pode se livrar do problema também utilizando cremes firmadores, que possuem efeito tensor e são ricos em colágeno, vitaminas e elastina, responsáveis por promover maior firmeza à cútis, diminuindo também a flacidez da pele.

Os cremes precisam ser aplicados diariamente sobre a pele limpa e seca. Em geral, é recomendada sua aplicação durante a noite, junto a uma leve massagem na região. Busque também se certificar de que nutrientes como ácido hialurônico, vitamina C, DMAE, Matryxil Sinthe 6 e vitamina E estão presentes no creme escolhido, como forma de garantir o resultado desejado.

Alguns pacientes também fazem uso de máscaras caseiras, com pêssego, abacate e água de rosas, já que essas soluções ajudam a tonificar a pele, sendo considerados tratamentos para resolver o problema de homem com papada a longo prazo.

Com tantas opções, o ideal é consultar-se com um cirurgião plástico que indicará o tratamento mais adequado. O Dr. Leandro Pellarin é um médico experiente em resolução de casos como homem com papada e outras situações de imperfeições estéticas. Agende agora mesmo sua consulta!

Fonte:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Dr. Leandro Pellarin

Quanto custa uma cirurgia de rinoplastia?

O preço da cirurgia da rinoplastia pode variar de acordo com alguns fatores. Entenda mais

Não é incomum que pacientes interessados em tratamentos estéticos e cirúrgicos realizem pesquisas prévias na internet para entender melhor sobre a média de preços de tais procedimentos e, assim, conseguirem realizar um planejamento financeiro. No entanto, nenhum consultório ou clínica pode divulgar em seus canais digitais quanto custa uma cirurgia de rinoplastia, por exemplo.

O Conselho Federal de Medicina (CMF) estabelece algumas normas e restrições quanto ao uso de publicidade médica. E, portanto, redes sociais, sites e blogs de cirurgiões plásticos que divulguem quanto custa uma cirurgia de rinoplastia estão infringindo uma dessas regras.

Entretanto, ainda que não se possa divulgar quanto custa uma cirurgia de rinoplastia, podemos destacar alguns fatores que podem influenciar no preço final do procedimento. Vamos conhecê-los abaixo?

Fatores que impactam no preço de uma rinoplastia

Em geral, existem cinco fatores básicos que podem alterar a precificação desse procedimento estético-cirúrgico. Dentre eles, que detalharemos melhor abaixo, podemos citar:

  • Avaliação prévia;
  • Experiência do profissional;
  • Anestesiologista;
  • Medicamentos e exames;
  • Complexidade do centro cirúrgico.

A avaliação feita pelo médico é, sem dúvidas, uma das mais importantes etapas da rinoplastia. Essa primeira consulta é paga e permite que o paciente tenha à sua disposição um especialista para conversar sobre todos os aspectos da cirurgia, esclarecendo dúvidas e avaliando as características do nariz que serão alteradas.

É aqui também que o cirurgião pode solicitar exames para analisar o quadro de saúde do paciente, bem como é nesta fase que é possível entender a extensão das alterações que precisam ser realizadas.

Se você deseja saber quanto custa uma cirurgia de rinoplastia, deve entender também que esse valor é influenciado diretamente pela capacitação do cirurgião plástico que realizará a intervenção. Quanto mais experiente e renomado for o profissional, maiores serão os valores cobrados por ele.

Não esqueça de se certificar se o médico em questão é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), órgão que regula a profissão e garante a especialização e residência médica na área.

É ainda preciso falar sobre o centro cirúrgico: a rinoplastia só deve ser realizada em um espaço com estrutura hospitalar. E os custos dos centros cirúrgicos são variáveis. A decisão pelo espaço onde acontecerá a operação costuma ficar a cargo do próprio médico responsável.

Em geral, os profissionais optam por hospitais que ofereçam um bom custo-benefício, como forma de poupar os pacientes preocupados com despesas e em saber quanto custa uma cirurgia de rinoplastia.

Gastos extras na cirurgia de rinoplastia

Quando se pensa em quanto custa uma cirurgia de rinoplastia, deve-se lembrar também de alguns gastos adicionais. É preciso contar com a ajuda de um anestesiologista durante o procedimento. Em algumas situações, os honorários desse profissional já vêm embutidos no preço da cirurgia. Mas é preciso esclarecer tudo previamente, para contabilizar essa despesa de maneira separada, quando necessário.

O paciente também deve se atentar que, além da internação e das despesas dos profissionais envolvidos, também precisará colocar na ponta do lápis o dinheiro a ser investido em medicamentos e exames que garantem o sucesso do procedimento. Os exames, aliás, podem ser tanto de imagem quanto laboratoriais.

Além do mais, evite surpresas: converse, já na primeira consulta, com seu cirurgião plástico para entender quais medicamentos serão necessários durante o processo de recuperação da rinoplastia.

Em síntese, valores de rinoplastias variam bastante, e se você deseja saber quanto custa uma cirurgia de rinoplastia, a melhor dica é conversar com o médico de sua confiança, levando seus desejos e condições. A conversa poderá determinar se as suas expectativas podem ser atendidas e você poderá entender o valor que será necessário desembolsar para realizar esse procedimento.

Se você deseja realizar uma rinoplastia, não hesite em contar com um profissional especializado e experiente. O Dr. Leandro Pellarin é um cirurgião plástico perfeccionista e apaixonado pelo ofício. Entre em contato e agende uma consulta para tirar todas as suas dúvidas sobre o procedimento da rinoplastia.

 

Fontes:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Dr. Leandro Pellarin

Existe lipo no rosto?

Procedimento é rápido e ideal para quem quer deixar o contorno facial mais definido

Depois da lipoaspiração comum, a novidade é uma lipo que pode ser realizada na face, para eliminar a gordura acumulada no rosto. É a chamada lipo no rosto, procedimento indicado quando, mesmo após o paciente emagrecer com dieta equilibrada e exercícios físicos, continua com muita gordura localizada na região.

A lipo no rosto é indicada para pacientes que possuem algum tipo de queda ou flacidez da pele do rosto, bem como diminuição do volume estrutural, olheiras, bolsas abaixo dos olhos, má definição da mandíbula, queixo pouco projetado, rosto redondo, entre outras características. O objetivo é melhorar o contorno facial, deixando o rosto mais harmônico.

Como é realizada a lipo no rosto?

A lipo no rosto é feita com uma cânula (tubo que faz a sucção), com diâmetro de dois milímetros e meio a três, na região da maçã do rosto. É um procedimento que deve ser realizado com muita cautela por ter grande chance de deixar ondulações permanentes na pele, além do risco de afetar o nervo facial, levando a pessoa a perder os movimentos das sobrancelhas ou da boca.

O procedimento não necessita de internação e o tempo da cirurgia está relacionado com a extensão da área a ser tratada (em média, de 40 minutos a uma hora). As cicatrizes costumam ser pequenas e posicionadas em locais de difícil visão, como pregas cutâneas.

Benefícios da lipo no rosto

lipo no rosto é um processo minimamente invasivo que oferece vários benefícios, como:

  • Baixo risco de infecção;
  • Recuperação rápida;
  • Eliminação total de células de gordura;
  • Dor mínima ou inexistente: a lipo no rosto não é um procedimento doloroso. Algumas pessoas podem sentir um mínimo de dor e inchaço, que podem ser tratados com compressas frias e/ou analgésicos (prescritos pelo cirurgião).

Cuidados pré-operatórios da lipo no rosto

Para um paciente saudável e sem doenças de base, como diabetes, são realizados exames como:

  • Hemograma completo;
  • Coagulograma;
  • Eletrocardiograma.

Caso haja alguma doença associada, é preciso um exame específico para a patologia.

 

Cuidados pós-operatórios da lipo no rosto

O processo pós-operatório costuma ser tranquilo, sendo que o uso de uma faixa elástica será indispensável por pelo menos 15 dias. Após a cirurgia, pode surgir um inchaço na região onde foi feita a lipo. Manchas roxas (equimoses) também podem aparecer, mas desaparecem em cerca de 15 dias. Nos três dias seguintes ao procedimento é recomendado:

  • Fazer curativos compressivos;
  • Evitar se expor ao sol para não surgirem manchas;
  • Evitar a prática de exercícios físicos por pelo menos uma semana.

O resultado definitivo da lipo no rosto geralmente será observado após seis meses. Este é um período aproximado, pois depende das características de cada pessoa e se houve outro tipo de procedimento associado à cirurgia. Os resultados podem ser permanentes, desde que a pessoa tenha uma alimentação balanceada e pratique atividades físicas regularmente.

Lipo de papada

Para os casos em que a gordura fica acumulada no pescoço (região cervical) e abaixo do queixo (submento), o cirurgião pode indicar a lipoaspiração de papada. O procedimento leva menos de uma hora e deve ser realizado com anestesia local ou sedação. São feitas duas incisões de 2 mm de cada lado do rosto. Na sequência, microcânulas são inseridas na região de onde se deseja retirar gordura. Não ocorre descolamento da pele e as cicatrizes são imperceptíveis.

As microincisões que são realizadas não exigem pontos, uma vez que elas se fecham sozinhas. Porém, edemas (inchaços) e equimoses (roxidão) podem ocorrer e o paciente deve usar curativo compressivo durante três horas por dia, nas três primeiras semanas, para fixar o novo contorno.

São indicadas sessões de drenagem linfática facial e deve-se evitar exposição ao sol. A lipo de papada esculpe e realça o ângulo e a linha da mandíbula, ajudando a corrigir a flacidez e desfazendo o queixo duplo.

Ao decidir realizar uma lipo no rosto, é de extrema importância fazer uma boa pesquisa ao escolher um cirurgião plástico para realizar o procedimento. Além da experiência cirúrgica, faz a diferença quando o cirurgião entende as motivações para a cirurgia e se preocupa em atingir um resultado que traga mais beleza e harmonia ao rosto, mantendo suas características naturais.

 

Fontes:

Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco;

Dr. Leandro Pellarin.

Homem com desenhos cirurgicos

Homem com papada: Como eliminar?

Excesso de gordura na região do queixo é o principal responsável por esse problema estético A cada ano, tem aumentado …

Sala de cirugia com doutor e enfermeira

Quanto custa uma cirurgia de rinoplastia?

O preço da cirurgia da rinoplastia pode variar de acordo com alguns fatores. Entenda mais Não é incomum que pacientes …

demonstrativo de resultado de plástica de rosto e pescoço

Plástica de rosto e pescoço: como é feita?

Cirurgia plástica de rosto e pescoço entrega resultados satisfatórios de rejuvenescimento facial e amenização da papada, …