Artigos

Existe lipo no rosto?

Procedimento é rápido e ideal para quem quer deixar o contorno facial mais definido

Depois da lipoaspiração comum, a novidade é uma lipo que pode ser realizada na face, para eliminar a gordura acumulada no rosto. É a chamada lipo no rosto, procedimento indicado quando, mesmo após o paciente emagrecer com dieta equilibrada e exercícios físicos, continua com muita gordura localizada na região.

A lipo no rosto é indicada para pacientes que possuem algum tipo de queda ou flacidez da pele do rosto, bem como diminuição do volume estrutural, olheiras, bolsas abaixo dos olhos, má definição da mandíbula, queixo pouco projetado, rosto redondo, entre outras características. O objetivo é melhorar o contorno facial, deixando o rosto mais harmônico.

Como é realizada a lipo no rosto?

A lipo no rosto é feita com uma cânula (tubo que faz a sucção), com diâmetro de dois milímetros e meio a três, na região da maçã do rosto. É um procedimento que deve ser realizado com muita cautela por ter grande chance de deixar ondulações permanentes na pele, além do risco de afetar o nervo facial, levando a pessoa a perder os movimentos das sobrancelhas ou da boca.

O procedimento não necessita de internação e o tempo da cirurgia está relacionado com a extensão da área a ser tratada (em média, de 40 minutos a uma hora). As cicatrizes costumam ser pequenas e posicionadas em locais de difícil visão, como pregas cutâneas.

Benefícios da lipo no rosto

lipo no rosto é um processo minimamente invasivo que oferece vários benefícios, como:

  • Baixo risco de infecção;
  • Recuperação rápida;
  • Eliminação total de células de gordura;
  • Dor mínima ou inexistente: a lipo no rosto não é um procedimento doloroso. Algumas pessoas podem sentir um mínimo de dor e inchaço, que podem ser tratados com compressas frias e/ou analgésicos (prescritos pelo cirurgião).

Cuidados pré-operatórios da lipo no rosto

Para um paciente saudável e sem doenças de base, como diabetes, são realizados exames como:

  • Hemograma completo;
  • Coagulograma;
  • Eletrocardiograma.

Caso haja alguma doença associada, é preciso um exame específico para a patologia.

 

Cuidados pós-operatórios da lipo no rosto

O processo pós-operatório costuma ser tranquilo, sendo que o uso de uma faixa elástica será indispensável por pelo menos 15 dias. Após a cirurgia, pode surgir um inchaço na região onde foi feita a lipo. Manchas roxas (equimoses) também podem aparecer, mas desaparecem em cerca de 15 dias. Nos três dias seguintes ao procedimento é recomendado:

  • Fazer curativos compressivos;
  • Evitar se expor ao sol para não surgirem manchas;
  • Evitar a prática de exercícios físicos por pelo menos uma semana.

O resultado definitivo da lipo no rosto geralmente será observado após seis meses. Este é um período aproximado, pois depende das características de cada pessoa e se houve outro tipo de procedimento associado à cirurgia. Os resultados podem ser permanentes, desde que a pessoa tenha uma alimentação balanceada e pratique atividades físicas regularmente.

Lipo de papada

Para os casos em que a gordura fica acumulada no pescoço (região cervical) e abaixo do queixo (submento), o cirurgião pode indicar a lipoaspiração de papada. O procedimento leva menos de uma hora e deve ser realizado com anestesia local ou sedação. São feitas duas incisões de 2 mm de cada lado do rosto. Na sequência, microcânulas são inseridas na região de onde se deseja retirar gordura. Não ocorre descolamento da pele e as cicatrizes são imperceptíveis.

As microincisões que são realizadas não exigem pontos, uma vez que elas se fecham sozinhas. Porém, edemas (inchaços) e equimoses (roxidão) podem ocorrer e o paciente deve usar curativo compressivo durante três horas por dia, nas três primeiras semanas, para fixar o novo contorno.

São indicadas sessões de drenagem linfática facial e deve-se evitar exposição ao sol. A lipo de papada esculpe e realça o ângulo e a linha da mandíbula, ajudando a corrigir a flacidez e desfazendo o queixo duplo.

Ao decidir realizar uma lipo no rosto, é de extrema importância fazer uma boa pesquisa ao escolher um cirurgião plástico para realizar o procedimento. Além da experiência cirúrgica, faz a diferença quando o cirurgião entende as motivações para a cirurgia e se preocupa em atingir um resultado que traga mais beleza e harmonia ao rosto, mantendo suas características naturais.

 

Fontes:

Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco;

Dr. Leandro Pellarin.

demonstrativo de resultado de plástica de rosto e pescoço

Plástica de rosto e pescoço: como é feita?

Cirurgia plástica de rosto e pescoço entrega resultados satisfatórios de rejuvenescimento facial e amenização da papada, …

marcação para procedimento de ritidoplastia frontal

Como funciona a ritidoplastia frontal?

A ritidoplastia frontal promove o rejuvenescimento da região da testa e dos olhos, mas indicação deve ser avaliada por …

Doutor em sala de cirurgia de lipo no rosto

Existe lipo no rosto?

Procedimento é rápido e ideal para quem quer deixar o contorno facial mais definido Depois da lipoaspiração comum, a …