Cirurgia de Papada: Como Funciona o Procedimento?

Uma possível paciente para uma cirurgia de papada

A papada, popularmente conhecida como queixo duplo, tem solução. A indicação mais comum é a cirurgia de papada, entretanto, tratamentos estéticos podem ajudar na preservação dos resultados após a cirurgia plástica.

A cirurgia de papada é feita por meio de lipoaspiração, uma vez que o incômodo estético se origina pelo acúmulo de gordura abaixo do queixo e bem próximo à parte frontal do pescoço. Outra opção pode ser o lifting cérvico-facial, caso o paciente, além da gordura, apresente flacidez acentuada na região.

Para tirar todas as dúvidas acerca da cirurgia da papada, confira as informações dadas pelo cirurgião plástico Dr. Leandro Pellarin.

Como o queixo duplo se desenvolve?

O queixo duplo ou papada faz parte do processo de envelhecimento do rosto. Tanto homens quanto mulheres podem desenvolver a condição, que é o acúmulo de gordura abaixo do mento (queixo) até o pescoço. Esse acúmulo pode ser oriundo do ganho de peso, da perda de peso excessiva e pelo envelhecimento natural da face, com as estruturas perdendo a elasticidade.

Como tirar a papada?

Independentemente do que causou a condição, a forma mais efetiva de correção é a cirurgia de papada. A técnica, como já mencionado, é a lipoaspiração da papada (para quem tem gordura sobressalente na região), sendo que o cirurgião plástico vai retirar o acúmulo de gordura e melhorar o contorno na região do mento e do pescoço.

A cirurgia para remoção da papada é tida como simples, sendo que existe a possibilidade de o procedimento ser feito em uma clínica — devidamente equipada com sala cirúrgica — e com anestesia local, para casos mais simples.  Entretanto, como a cirurgia plástica pode ser combinada (mais de um procedimento ao mesmo tempo), é comum que a equipe de cirurgia plástica opte pela realização em um centro cirúrgico de um hospital.

O paciente deve estar bem de saúde para a realização do procedimento, sendo necessários exames prévios antes de se submeter a cirurgia de retirada da papada. Logo, consultar-se com um médico que tenha mais experiência em cirurgias faciais é recomendado.

Técnica de lipoaspiração

Uma das formas de acabar com o queixo duplo é com a técnica de lipoaspiração. A metodologia cirúrgica consiste na aspiração da gordura com o auxílio de cânulas bem finas. Esse equipamento é utilizado em três pontos distintos, sendo eles: nos lóbulos na parte de trás das orelhas e uma na parte de baixo do queixo.

O cirurgião plástico fará a remoção da gordura existente na região, conferindo um contorno mais harmonioso ao paciente. A cirurgia de papada com lipoaspiração é indicada a pacientes que não apresentam flacidez na região, caso contrário, é necessária uma metodologia mais complexa.

O cirurgião vai retirar o excesso de gordura e pequenos pontos são dados nas incisões por onde as cânulas foram inseridas. A estimativa é que a cirurgia de papada dure em torno de uma hora e que o paciente tenha alta hospitalar no mesmo dia.

Cuidados após a lipo de papada

Após sete dias o paciente deve voltar ao consultório para a retirada dos pontos e avaliação dos primeiros resultados. Em casa, não são necessários cuidados expressivos, apenas a higienização correta das suturas, evitar esforço físico nas duas semanas posteriores a cirurgia e a retomada ao trabalho ocorre em menos de uma semana.

Ou seja, a cirurgia de papada por meio de lipoaspiração é considerada simples, tem pouco tempo de recuperação e o resultado é perceptível assim que os edemas e inchaços diminuem.

Antes e depois da cirurgia da papada
Imagem: Shutterstock

Lifting cérvico-facial

Esta metodologia cirúrgica é indicada ao paciente que, além de excesso de gordura, apresente acentuada flacidez na região da papada. Neste caso, para diminuir o queixo duplo, o cirurgião plástico fará a suspensão da musculatura que se tornou flácida por meio de suturas internas. A cirurgia de papada por meio do lifting cérvico-facial pode ser complementada com a lipoaspiração. 

Cuidados após o lifting cérvico-facial

Essa metodologia tem maior complexidade, demandando maior tempo de recuperação e cuidados posteriores por parte do paciente. Entretanto, em menos de 30 dias o paciente tem alta para retomada da rotina de práticas de exercícios e demais atividades do cotidiano.

A indicação de uma ou outra metodologia de remoção da papada é dada após análise do cirurgião plástico, logo, é de grande importância o aconselhamento junto a um profissional capacitado e devidamente autorizado a atuar com cirurgia plástica.

Resultados da cirurgia de retirada de papada

O incômodo queixo duplo é praticamente eliminado após a cirurgia. O mento fica mais evidenciado e harmônico com o restante da face. Logo, um dos benefícios da cirurgia de papada é o efeito rejuvenescedor no rosto. Como mencionado, por se tratar de um tratamento de baixa complexidade, pode ser feito em conjunto a outros procedimentos, resultando assim em uma face com aspecto mais jovial.

Essas são algumas informações acerca da cirurgia de papada. Caso tenha ficado com alguma dúvida, entre em contato e agende uma consulta com o Dr. Leandro Pellarin.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Hipertrofia de cornetos: Mulher com a mão no nariz

O que é hipertrofia de cornetos?

A respiração é um fator indispensável para o bem-estar, impactando diretamente na qualidade do sono e na disposição …

Cicatriz da abdominoplastia: Cirurgião examinando uma mulher

Como fica a cicatriz da abdominoplastia?

É comum que os pacientes tenham dúvida em relação à cicatriz da abdominoplastia. Por se tratar de um procedimento de …

Recuperação da blefaroplastia: Mulher se preparando para cirurgia

Como é a recuperação da blefaroplastia?

A recuperação da blefaroplastia é tida como simples, basta o paciente seguir as orientações do pós-operatório que …